quinta-feira, 10 de abril de 2014

VESTIDOS BORDADOS COM LEMBRANÇAS


Histórias eram contadas nas saias
Linhas coloridas, cores escolhidas...
Bordavam a saia da menina.
Casa pequena, fumaça na chaminé,
Um caminho para chegar à lagoa.
Um sol sorridente amarelo.
Flores? Todas!
Céu azul, pomar.
Uma cerca branca para enfeitar.
Pombais rodeados de aves,
Igreja, pracinha, balões,
Crianças com bonecas de pano.
Maria Fumaça a sorrir chegando...
E a menina gira, abrindo a saia enquanto lemos
Mostrando esta poesia devagar.

Rosângela Brasil Gontijo