domingo, 3 de abril de 2011

À GRANDE MESTRA

Entra na sala sem querer se mostrar
Seus passos tão leves,
Nem preciso escutar
Na sala de aula silencio se faz!

Ela tem um sorriso tão doce,
É tão delicada, tão sábia!
Tudo ensina do Português
Da vida aprendo com ela.

Nada me faz mais feliz
Quando abre um livro,
Que não conheci e nunca mais vi

Lê tão baixinho, mas tudo se ouve!
Conta histórias que nunca escutei,
Que ninguém nunca mais leu...
Eu desconfio que um anjo escreveu.

Me leva para lugares que nunca pensei,
Me ensina da vida, me ensina a amar
Quando abre um livro, me ensina o que não sei.

SONHAR!

Para minha querida e inesquecível Olímpia, grande mestra, grande amiga, exemplo de ser humano que tanto admiro e quero bem.
A quem devo esta minha grande vontade de escrever, de levar a outros que me lerem, o sonhar!!!

Rosa Negra- rosabgontijo-02/05/2010