sexta-feira, 22 de novembro de 2013

MEU PRESENTE ETERNO





Minha casa sempre me vem em retalhos.
Deus sabe que o todo seria muito para mim.
 Aí vem um pedacinho,
Assusto com a visão da alegria passada,
 Depois vem outro e levo outro susto.
O que amamos fica eternizado.
Sei de cada pedacinho dela, só que ainda choro...
Por mim, por cada um...
Mas rendo-me e tudo vira vida novamente.


Rosângela Brasil Gontijo