quinta-feira, 31 de março de 2011

PLENITUDE

Mergulhei no lago transparente
O sol aquecia e dourava o instante
Refresquei

Brilhavam de luz
Corpo, alma, pensamentos nus
Deitada na relva
Me sequei na brisa
Abracei o céu
Sorvi a chuva
Me cobri com o manto da noite
Com as folhas das árvores

Vi a lua e estrelas refletirem na água
Tudo permaneceu
Quieto
Mágico
Inesquecível

Rosa Negra-rosabgontijo-09/07/2009